Risotônico

“Rir retira a mente da preocupação, desperta em si o gosto pela vida e treina o olhar para perceber o lado bom dos fatos” (Lambert, 1999).

Quando estamos no Hospital, estamos mais sensíveis, mais conectados com a dor e o sofrimento. E se existisse a oportunidade de tirar o foco da doença e nos conectar com a parte saudável, não seria bom?

O Curso Risotônico oferece formação artística voltado para atuação de palhaço em ambiente hospitalar. Hoje se estima a existência de 1.082 grupos de palhaços no Brasil, porém geralmente são voluntários sem formação para atuar.

Os benefícios para os pacientes crianças ou adultos, já foram comprovados cientificamente (vide projeto completo), porém não basta apenas se vestir como Dr. Clown é necessária uma rigorosa preparação para adentrar o recinto hospitalar e realizar a ação artística visando a saúde integral de cada paciente que se encontra fragilizado e em processo de tratamento de grau leve, médio ou crônico.

Atualmente existem três turmas em formação (São José dos Campos, Taubaté e São Paulo) e duas turmas já formadas (São José dos Campos e São Paulo). O Curso tem duração de 4 meses, as aulas são quinzenais e cada aula tem a carga de 3 horas, totalizando 24 horas. Ao completar mais de 75% de presença o aluno recebe um certificado no final do Curso.

As aulas são práticas com base na humanização e na arte, inclui visitas a paisana em hospitais para observação a atuação de Doutores Palhaços mais experientes. Após a finalização do curso vem o estágio supervisionado com visita ao hospital junto com Professor.

Conteúdo programático:

• Introdução ao mundo palhacístico;
• Aquecimento, Dinâmicas, jogos e brincadeiras;
• Olhares, Jogos de expressão corpórea e Andares;
• Técnicas de teatro;
• Técnicas de improviso;
• Escuta e Improvisação;
• Maquiagem e figurino;
• Conversas e discussões;
• Compreensão do Ambiente Hospitalar.

Os instrutores Risotônicos além de ministrarem cursos de formação também realizam visitas de Doutor Palhaço regularmente no Hospital SEPACO/São Paulo.

“A risada e a brincadeira ativam o sistema cardiovascular, melhora o sistema respiratório, a oxigenação sanguínea, o sistema imunológico e estimula o cérebro na liberação de substâncias benéficas ao nosso corpo diminuindo o estresse” (Moleiro, 2001).

Mais informações com os coordenadores:

Ioram Cejkinski: (12) 98884-7494 – ioramc@gmail.com

Tamara Scherb: (11) 95480-1323 - tamara.scherb@gmail.com

Deixe um Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>